viernes, agosto 10, 2007

NADA


Sentir adentro el azul del cielo y la pureza de las nubes blancas. Sentir que somos sabios como la mariposa y pasivos como la flor. Sentir que somos fluidos, poderosos como el viento fragante. Sentir que somos un milagro permanente, capaz de producir aún más milagros...

2 comentarios:

quantum dijo...

Sabiamente hermoso. Milagrosa la frase final.

ArteCultdesign dijo...

Olá Leonardo
Ao ler essa postagem é possível compreender que a existência nos leva à leveza e à impermanência como nuvens brancas e como os ventos que nos preparam para o "Salto Quântico". Mesmo vivendo na turbulência desse momento sabemos que somos o que somos e isso só pode nos levar ao milagre de produzir mais milagres.
Valeu mais uma vez, e a língua portuguesa não é nada tão diferente do espanhol. Você consegue!

 
Philosophy Blogs - Blog Top Sites